A #Rede agora faz parte do PSB?

Não. A #Rede não está subordinada ao PSB. Ao se coligar, por meio da filiação democrática de alguns de seus membros, a #Rede se afirma como partido autônomo, em uma relação que valoriza visões em comum, programáticas, e na qual as identidades de cada partido serão preservadas.

Como foi construída a coligação da Rede Sustentabilidade com o PSB?

O objetivo central da aliança entre a #Rede e o PSB é aprofundar a democracia e construir as bases para um ciclo duradouro de desenvolvimento sustentável, os dois pilares da verdadeira soberania nacional. Essa união será construída a partir de uma base programática e da busca de uma nova política.

Sabemos que não será fácil e há muitas incertezas envolvidas que só serão superadas com a participação efetiva da militância da Rede. Mas sabemos também que o PSB é a força política que mais oferece condições para, junto com a REDE, oferecer uma resistência aos retrocessos na democracia, na cidadania, na economia e no meio ambiente.

Em conjunto, vamos construir um programa comum, que atenda as nossas principais demandas: aprofundamento da democracia; manutenção dos avanços sociais e econômicos dos últimos anos e a sustentabilidade no eixo da agenda estratégica de desenvolvimento. A convergência programática entre a #Rede e o PSB será desdobrada num calendário que leve a discussão à sociedade, que precisa ser a real balizadora do processo.

As coligações estaduais seguirão a coligação nacional?

Tentaremos manter as coligações estaduais dos dois partidos. É esperado que ocorram entretanto circunstâncias locais onde esta aliança se demonstrará inviável. Nestes casos a Rede adotará um posicionamento independente, apoiando a coligação nacional, mas realizando a tática eleitoral que for adequada ao nosso programa, valores e princípios.

O que é a Filiação democrática?

A filiação democrática e transitória é uma tradição brasileira nas situações em que correntes políticas são impedidas de se organizar formalmente e de participar com sua própria legenda dos processos políticos e eleitorais.

A coligação programática entre a #Rede e o PSB se dá nacionalmente, com a possibilidade de filiações democráticas e transitórias para a disputa eleitoral de 2014, preservando a identidade dos dois partidos. Onde cada um respeita a sua personalidade própria e se dispõe a um diálogo para um objetivo comum. Temos a plena convicção que somos um partido, pois temos um programa e base de representação social, nos constituímos em um processo que visa aprofundar a discussão pelo desenvolvimento sustentável e democratização da democracia.

Como fica a Rede? Ou qual o futuro da Rede Sustentabilidade?

A Rede mantém seu firme propósito de superar velhos hábitos e vícios da política brasileira e fortalecer seus princípios e valores. Sua militância e suas lideranças continuarão comprometidos com o objetivo de constituição e organização do partido e Marina Silva continua sendo representante e porta-voz da Rede, mesmo tendo se filiado ao PSB.

Vamos retomar as coletas de assinaturas e nos preparar para o momento da legalização, organizando nossos diretórios, coletivos e núcleos nos estados, aprofundando as discussões do programa do partido e levando nossa mensagem em todo o País.

Quais são as ações da Rede daqui para frente?

Como somos um partido de fato, vamos iniciar o processo de filiação à Rede, mesmo não tendo o registro do TSE. É uma filiação de caráter político, mas com todas as prerrogativas, direitos e deveres previstos no Estatuto. Vamos realizar encontros estaduais e regionais, constituir Diretórios nos 27 Estados e em inúmeros Municípios.

Além disso, a Rede Sustentabilidade tem uma contribuição singular para Democratizar a Democracia e para construir o Desenvolvimento Sustentável. Por isso, vamos discutir o Programa de Governo e fortalecer a Coligação Democrática com o PSB e procurar participar ativamente das próximas eleições.

Envie sua sugestão para a #Rede, reporte um problema ou deixe um elogio

REDE-MS reafirma necessidade de candidatura própria

24 de abril de 2014

A Rede Sustentabilidade no Mato Grosso do Sul publicou nota onde coloca seu posicionamento com relação a um possível apoio do PSB a outros partidos que não façam parte do projeto nacional da Aliança PSB-REDE dentro do estado. De acordo com o diretório regional da REDE, o partido repudia “qualquer composição que seja diferente de […]

O sociólogo Manuel Castells no telão, durante mesa da ArenaNet, no Centro Cultural São Paulo

Batalha pela liberdade passa pelo controle da internet, diz Manuel Castells

24 de abril de 2014

Referência no estudo de movimentos sociais desde os anos 1970, o sociólogo espanhol Manuel Castells disse que a internet atendeu a uma demanda de muitos movimentos sociais que antes não encontravam espaço para se expressar. Castells falou nesta quarta (23) por webconferência em mesa de debates da ArenaNet, evento que acontece paralelo ao NetMundial, sobre […]

Sem título

Aliança PSB-REDE-PPS-PPL realiza Encontro Regional Programático em Manaus

24 de abril de 2014

A Aliança PSB-REDE-PPS-PPL realiza neste sábado (26), na Assembléia Legislativa de Manaus-AM, a partir das 9h (horário local), o seu Encontro Regional Programático no Norte, que visa discutir e aprofundar as Diretrizes do Programa de Governo da Aliança. A Porta-Voz da Rede Sustentabilidade e pré-candidata a vice-presidente, Marina Silva,  e o ex-governador de Pernambuco e […]

10254347_524024891035793_302926836_n

Entidades da sociedade civil pedem veto do artigo 15 do Marco Civil

23 de abril de 2014

Os representantes da sociedade civil presentes na mesa de abertura da ArenaNET, evento paralelo ao NetMundial destinado para o público em geral, comemoraram —e muito— a aprovação, mas não deixaram de reivindicar mudanças. A expectativa de palestrantes e convidados durante a mesa estava voltada para a votação do Senado em Brasília. “Não é por desrespeito […]

20140422_173540

Movimentos vão à Câmara e pedem mais áreas verdes em SP

23 de abril de 2014

Na tarde desta terça-feira (23) manifestantes de movimentos em favor de mais áreas verdes na cidade de São Paulo reuniram-se na frente da Câmara Municipal para um ato reclamando a instalação de parques públicos no município e rapidez em alguns processos de desapropriação de terrenos para este fim. Moradores de diversas regiões da capital paulista […]

marco-civil

Senado aprova e Dilma sanciona Marco Civil da Internet sem alterações

23 de abril de 2014

Na manhã desta quarta-feira (23), a presidente Dilma Rousseff sancionou o Projeto de Lei da Câmara (PLC 21/14), chamado de Marco Civil da Internet, durante a NETMundial, encontro realizado em São Paulo que reúne representantes de mais de 90 países, entre eles 27 ministros. O projeto estabelece princípios, garantias, direitos e deveres para internautas e […]

indios-isolados2

“A tecnologia da Natureza”, por Montserrat Martins

22 de abril de 2014

Um engenheiro acampado com sua equipe às margens de um rio na Amazônia foi alertado por um pescador que o rio iria subir com a chuva, mas respondeu que ele não se preocupasse porque “nossos instrumentos não detectaram sinais de chuva para essa noite”. Durante a madrugada, tiveram de se mudar às pressas, já em meio à chuva. Intrigado, […]

(Na foto acima Vista aérea das roças da aldeia Nãsêpotti dos Panará, no Rio Iriri, afluente da margem esquerda do Rio Xingu (MT), em 1999 - Pedro Martinelli - ISA)

Projetos no Congresso Nacional ameaçam terras indígenas

19 de abril de 2014

Uma série de projetos em tramitação hoje no Congresso Nacional tentam alterar ou restringir direitos indígenas conquistados ao longo das últimas décadas. Pelo menos duas Propostas de Emenda Constitucional (PEC) tentam retirar o poder de demarcar terras do Executivo e passar para o Legislativo. Uma delas, a PEC 215, foi aprovada pela Comissão de Constituição […]

indios_vigilia_indigena

Exposição retrata 30 anos de luta do movimento indígena por direitos

18 de abril de 2014

Os momentos mais marcantes da luta do movimento indígena pelo reconhecimento de seus direitos nos últimos 30 anos são o tema de uma exposição organizada pelo Instituto Socioambiental (ISA) no parque Ibirapuera, A iniciativa é feita em parceria com a embaixada da Noruega e também marca os 30 anos do apoio do país às causas […]

shutterstock_123205483

Metas de corte de carbono não são suficientes para evitar aquecimento global, diz ONU

17 de abril de 2014

Para evitar que a temperatura global aumente mais que 2 graus Celsius até o fim do século –limite calculado por pesquisadores para que o aquecimento global cause apenas efeitos que possam ser controlados ou amenizados pelo homem–, seria necessário aumentar as metas de cortes de emissão de carbono e mudar o sistema energético mundial em […]

Memória Rede