A #Rede agora faz parte do PSB?

Não. A #Rede não está subordinada ao PSB. Ao se coligar, por meio da filiação democrática de alguns de seus membros, a #Rede se afirma como partido autônomo, em uma relação que valoriza visões em comum, programáticas, e na qual as identidades de cada partido serão preservadas.

Como foi construída a coligação da Rede Sustentabilidade com o PSB?

O objetivo central da aliança entre a #Rede e o PSB é aprofundar a democracia e construir as bases para um ciclo duradouro de desenvolvimento sustentável, os dois pilares da verdadeira soberania nacional. Essa união será construída a partir de uma base programática e da busca de uma nova política.

Sabemos que não será fácil e há muitas incertezas envolvidas que só serão superadas com a participação efetiva da militância da Rede. Mas sabemos também que o PSB é a força política que mais oferece condições para, junto com a REDE, oferecer uma resistência aos retrocessos na democracia, na cidadania, na economia e no meio ambiente.

Em conjunto, vamos construir um programa comum, que atenda as nossas principais demandas: aprofundamento da democracia; manutenção dos avanços sociais e econômicos dos últimos anos e a sustentabilidade no eixo da agenda estratégica de desenvolvimento. A convergência programática entre a #Rede e o PSB será desdobrada num calendário que leve a discussão à sociedade, que precisa ser a real balizadora do processo.

As coligações estaduais seguirão a coligação nacional?

Tentaremos manter as coligações estaduais dos dois partidos. É esperado que ocorram entretanto circunstâncias locais onde esta aliança se demonstrará inviável. Nestes casos a Rede adotará um posicionamento independente, apoiando a coligação nacional, mas realizando a tática eleitoral que for adequada ao nosso programa, valores e princípios.

O que é a Filiação democrática?

A filiação democrática e transitória é uma tradição brasileira nas situações em que correntes políticas são impedidas de se organizar formalmente e de participar com sua própria legenda dos processos políticos e eleitorais.

A coligação programática entre a #Rede e o PSB se dá nacionalmente, com a possibilidade de filiações democráticas e transitórias para a disputa eleitoral de 2014, preservando a identidade dos dois partidos. Onde cada um respeita a sua personalidade própria e se dispõe a um diálogo para um objetivo comum. Temos a plena convicção que somos um partido, pois temos um programa e base de representação social, nos constituímos em um processo que visa aprofundar a discussão pelo desenvolvimento sustentável e democratização da democracia.

Como fica a Rede? Ou qual o futuro da Rede Sustentabilidade?

A Rede mantém seu firme propósito de superar velhos hábitos e vícios da política brasileira e fortalecer seus princípios e valores. Sua militância e suas lideranças continuarão comprometidos com o objetivo de constituição e organização do partido e Marina Silva continua sendo representante e porta-voz da Rede, mesmo tendo se filiado ao PSB.

Vamos retomar as coletas de assinaturas e nos preparar para o momento da legalização, organizando nossos diretórios, coletivos e núcleos nos estados, aprofundando as discussões do programa do partido e levando nossa mensagem em todo o País.

Quais são as ações da Rede daqui para frente?

Como somos um partido de fato, vamos iniciar o processo de filiação à Rede, mesmo não tendo o registro do TSE. É uma filiação de caráter político, mas com todas as prerrogativas, direitos e deveres previstos no Estatuto. Vamos realizar encontros estaduais e regionais, constituir Diretórios nos 27 Estados e em inúmeros Municípios.

Além disso, a Rede Sustentabilidade tem uma contribuição singular para Democratizar a Democracia e para construir o Desenvolvimento Sustentável. Por isso, vamos discutir o Programa de Governo e fortalecer a Coligação Democrática com o PSB e procurar participar ativamente das próximas eleições.

Envie sua sugestão para a #Rede, reporte um problema ou deixe um elogio

shutterstock_123205483

Metas de corte de carbono não são suficientes para evitar aquecimento global, diz ONU

17 de abril de 2014

Para evitar que a temperatura global aumente mais que 2 graus Celsius até o fim do século –limite calculado por pesquisadores para que o aquecimento global cause apenas efeitos que possam ser controlados ou amenizados pelo homem–, seria necessário aumentar as metas de cortes de emissão de carbono e mudar o sistema energético mundial em […]

feira de produtores de arroz de Lafia, no estado de Nassarawa,na Nigéria 03

Direito a alimentação na África: o caso Nigéria. Por Muriel Saragoussi

17 de abril de 2014

A conjuntura na Nigéria é ainda mais difícil. O país vive uma situação de insegurança, com grupos armados e confrontos econômicos e religiosos com fortes impactos sobre as comunidades rurais e sobre as mulheres. Apesar ser uma economia emergente, a segunda maior na África, sua prosperidade é altamente dependente do petróleo (95% das receitas em […]

Filiados votam em convenção do Rio de Janeiro, em 12 de abril

Convenções estaduais da REDE definem candidatos e apoios em todo o país

16 de abril de 2014

O cronograma de convenções estaduais da Rede Sustentabilidade continuou neste fim de semana, com a definição de apoios regionais, eleição de comissões provisórias estaduais e a distrital, indicação de delegados para a Convenção Nacional e tomada de resoluções. Confira abaixo o que aconteceu nos estados. (Na foto acima, membros da REDE carioca votam durante a […]

bandeiras_brasil_rede

“Agora, enquanto é tempo”, por Martiniano Cavalcante

16 de abril de 2014

A teimosia de uma parte do eleitorado brasileiro que insiste em apontar Marina Silva com algo próximo a 27% das intenções de votos para Presidente da República (última pesquisa Datafolha) — diante de uma queda abrupta de Dilma Rousseff, que caiu de 44% para 38%; um pré-coma persistente de Aécio Neves, congelado em 16%;  e […]

Safiya Akau 01

Direito a alimentação na África: o caso Gana. Por Muriel Saragoussi

15 de abril de 2014

Em fevereiro, estive em Gana e na Nigéria avaliando uma campanha relacionada ao direito à alimentação. Compartilho a seguir algumas observações sobre os desafios que estes países enfrentam e, em particular, o que as mulheres destes países enfrentam. Gana é uma jovem democracia, com uma sociedade civil organizada e atuante e um sistema de participação […]

eventobsb_hangout2

Confira hangout de Eduardo Campos e Marina com internautas

15 de abril de 2014

Logo após o anúncio da candidatura à Presidência, o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-senadora, Marina Silva, interagiram com internautas e convidados por um hangout –ferramenta de videoconferência do Google+, rede social do Google. A primeira pergunta foi feita pelo ator Wagner Moura, que perguntou a Eduardo Campos qual é a diferença da […]

rede_lancamento_eduardoemarina2

Eduardo Campos e Marina Silva anunciam candidatura à Presidência

14 de abril de 2014

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e a ex-senadora e porta-voz da Rede, Marina Silva, anunciaram nesta segunda-feira que serão candidatos à presidência e vice-presidência da República pela Aliança PSB-REDE-PPS-PPL. Mais de mil pessoas estiveram presentes nesta segunda-feira (14) no Salão Azul do Hotel Nacional, em Brasília, para o evento de anúncio da candidatura. Na […]

Lideranças e personalidades prestigiam ato político-cultural

14 de abril de 2014

Diversas lideranças políticas, dos partidos da Aliança e de outros, e personalidades do campo cultural estiveram presentes no anúncio da candidatura de Eduardo Campos e Marina Silva à Presidência da República nesta segunda (14), em Brasília. O ato político-cultural foi aberto pelo pianista Arthur Moreira Lima. O músico, reconhecido internacionalmente, interpretou Jesus Alegria dos Homens […]

Eduardo e Marina no lançamento da candidatura nesta segunda, em Brasília

Aliança lança princípios da campanha eleitoral de Eduardo e Marina à Presidência

14 de abril de 2014

Em 5 de outubro de 2013, o Partido Socialista Brasileiro e a Rede Sustentabilidade decidiram unir forças numa Aliança Programática para promover um  diálogo com a sociedade brasileira sobre a necessidade e a urgência de uma agenda estratégica para o país, baseada em três compromissos: • Ampliar a participação da sociedade no debate e nas […]

Aliança PSB-REDE-PPS-PPL realiza ato político-cultural “Eduardo e Marina – Encontro pelo Brasil”

14 de abril de 2014

A aliança PSB-REDE-PPS-PPL realiza nesta segunda-feira (14) em Brasília o ato político-cultural “Eduardo Campos e Marina – Encontro pelo Brasil”, quando será anunciada a composição da chapa que concorrerá às eleições presidenciais deste ano, formada por pelo ex-governador do Pernambuco Eduardo Campos e pela ex-senadora Marina Silva. A indicação das pré-candidaturas de Eduardo e Marina […]

Memória Rede