A #Rede agora faz parte do PSB?

Não. A #Rede não está subordinada ao PSB. Ao se coligar, por meio da filiação democrática de alguns de seus membros, a #Rede se afirma como partido autônomo, em uma relação que valoriza visões em comum, programáticas, e na qual as identidades de cada partido serão preservadas.

Como foi construída a coligação da Rede Sustentabilidade com o PSB?

O objetivo central da aliança entre a #Rede e o PSB é aprofundar a democracia e construir as bases para um ciclo duradouro de desenvolvimento sustentável, os dois pilares da verdadeira soberania nacional. Essa união será construída a partir de uma base programática e da busca de uma nova política.

Sabemos que não será fácil e há muitas incertezas envolvidas que só serão superadas com a participação efetiva da militância da Rede. Mas sabemos também que o PSB é a força política que mais oferece condições para, junto com a REDE, oferecer uma resistência aos retrocessos na democracia, na cidadania, na economia e no meio ambiente.

Em conjunto, vamos construir um programa comum, que atenda as nossas principais demandas: aprofundamento da democracia; manutenção dos avanços sociais e econômicos dos últimos anos e a sustentabilidade no eixo da agenda estratégica de desenvolvimento. A convergência programática entre a #Rede e o PSB será desdobrada num calendário que leve a discussão à sociedade, que precisa ser a real balizadora do processo.

As coligações estaduais seguirão a coligação nacional?

Tentaremos manter as coligações estaduais dos dois partidos. É esperado que ocorram entretanto circunstâncias locais onde esta aliança se demonstrará inviável. Nestes casos a Rede adotará um posicionamento independente, apoiando a coligação nacional, mas realizando a tática eleitoral que for adequada ao nosso programa, valores e princípios.

O que é a Filiação democrática?

A filiação democrática e transitória é uma tradição brasileira nas situações em que correntes políticas são impedidas de se organizar formalmente e de participar com sua própria legenda dos processos políticos e eleitorais.

A coligação programática entre a #Rede e o PSB se dá nacionalmente, com a possibilidade de filiações democráticas e transitórias para a disputa eleitoral de 2014, preservando a identidade dos dois partidos. Onde cada um respeita a sua personalidade própria e se dispõe a um diálogo para um objetivo comum. Temos a plena convicção que somos um partido, pois temos um programa e base de representação social, nos constituímos em um processo que visa aprofundar a discussão pelo desenvolvimento sustentável e democratização da democracia.

Como fica a Rede? Ou qual o futuro da Rede Sustentabilidade?

A Rede mantém seu firme propósito de superar velhos hábitos e vícios da política brasileira e fortalecer seus princípios e valores. Sua militância e suas lideranças continuarão comprometidos com o objetivo de constituição e organização do partido e Marina Silva continua sendo representante e porta-voz da Rede, mesmo tendo se filiado ao PSB.

Vamos retomar as coletas de assinaturas e nos preparar para o momento da legalização, organizando nossos diretórios, coletivos e núcleos nos estados, aprofundando as discussões do programa do partido e levando nossa mensagem em todo o País.

Quais são as ações da Rede daqui para frente?

Como somos um partido de fato, vamos iniciar o processo de filiação à Rede, mesmo não tendo o registro do TSE. É uma filiação de caráter político, mas com todas as prerrogativas, direitos e deveres previstos no Estatuto. Vamos realizar encontros estaduais e regionais, constituir Diretórios nos 27 Estados e em inúmeros Municípios.

Além disso, a Rede Sustentabilidade tem uma contribuição singular para Democratizar a Democracia e para construir o Desenvolvimento Sustentável. Por isso, vamos discutir o Programa de Governo e fortalecer a Coligação Democrática com o PSB e procurar participar ativamente das próximas eleições.

Envie sua sugestão para a #Rede, reporte um problema ou deixe um elogio

Retomar o Rumo

Rede Sustentabilidade

30 de outubro de 2014

Por Tasso Azevedo Passada uma das mais inusitadas e disputadas eleições dos últimos tempos é hora e partir para ação. Na agenda de sustentabilidade isso significa recuperar o tempo perdido. Os últimos quatro anos não foram bons para esta agenda, com inúmeros retrocessos, paralisias e caminhos em círculos. Não é hora de lamentar o passado, […]

Redes sociais acirram debate durante eleições; campanha de Marina promoveu cultura de paz

Rede Sustentabilidade

30 de outubro de 2014

A eleição para a Presidência da República deste ano vai entrar para a História não somente por ter sido a mais acirrada desde o retorno da democracia ao país, mas também pelas declarações agressivas e até preconceituosas de internautas nas redes sociais. O tom das conversas no Facebook e no Twitter tomou proporções tão graves, que […]

Marina Silva cumprimenta a presidente reeleita e cobra ações de desenvolvimento sustentável

Rede Sustentabilidade

29 de outubro de 2014

A ex-senadora Marina Silva, da Rede Sustentabilidade, publicou em sua página do Facebook, na noite de ontem, um vídeo em que pede união e entendimento para que os reais interesses do Brasil sejam maiores do que as diferença partidárias. Marina cumprimenta a presidente reeleita, Dilma Rousseff (PT), mas cobra ações para o desenvolvimento sustentável.“Quero desejar que […]

Marina Silva reafirma compromisso em formar a Rede Sustentabilidade

Rede Sustentabilidade

28 de outubro de 2014

A ex-senadora Marina Silva publicou nota, em seu perfil do Facebook, onde reafirma seu compromisso e disposição em buscar os meios efetivos para obter o registro da Rede Sustentabilidade ao lado de dirigentes e militantes do partido. Na mensagem, a ex-candidata à Presidência da República pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro) explica que não está interessada em buscar alternativas […]

Tecnologia brasileira para produzir vacina contra a aids é patenteada nos Estados Unidos

Rede Sustentabilidade

28 de outubro de 2014

A tecnologia para desenvolver vacinas contra doenças como a aids, criada por dois cientistas brasileiros, foi patenteada nos Estados Unidos. O método que pode ajudar a combater diversas doenças foi desenvolvido no Fiocruz (Fundação Instituto Oswaldo Cruz) do Rio de Janeiro e, desde 2005, a instituição busca a patente para essa criação.No Brasil, há 656.701 casos […]

País vive crise hídrica e falta de água muda a realidade dos brasileiros no Sudeste

Rede Sustentabilidade

27 de outubro de 2014

O Brasil vive uma insegurança hídrica há nove meses. São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro são os Estados mais atingidos por essa crise no abastecimento de água. A população resgatou velhos hábitos, como o banho de caneca, para economizar o líquido essencial à vida. A região mais afetada foi a paulista, que vive em alerta […]

Segundo turno define presidente e 14 governadores; eleitores podem tirar dúvidas

Rede Sustentabilidade

24 de outubro de 2014

A eleição do segundo turno será neste domingo, mas há quem ainda tenha dúvidas sobre o processo eleitoral. Mais de 142 milhões de eleitores estão aptos a ir para as urnas escolher o próximo presidente ou presidenta do país. Haverá segundo turno ainda nas eleições para governador em 13 Estados e mais o Distrito Federal. Nos estados […]

Documentário mostra como a exploração de mineradoras pode afetar região aquífera

Rede Sustentabilidade

24 de outubro de 2014

O documentário “Aquífero: do Latim ‘aqua’ + ‘ferre’” estreou nesta semana no canal Gandarela, no Youtube, e mostra que uma área com concentração de água e ferro está ameaçado pela mineração, em Minas Gerais. O aquífero fica na Serra do Gandarela, na região metropolitana de Belo Horizonte, capital do Estado. O vídeo, de pouco mais de […]

Cerca de 6% dos eleitores ainda não sabem em quem votar para presidente no domingo

Rede Sustentabilidade

23 de outubro de 2014

O segundo turno das eleições será no próximo domingo (26) e uma parte da população ainda está indecisa. Cerca de 6% dos eleitores não sabem em quem votar para presidente, segundo pesquisa Datafolha. Outros 4% declaram que vão votar em branco ou nulo. Mas há ainda aqueles que utilizam o voto para protestar.No primeiro turno, […]

Energia eólica poderá suprir um quinto da energia global até 2030

Rede Sustentabilidade

23 de outubro de 2014

A produção de energia eólica pode suprir até um quinto da necessidade elétrica global até 2030, segundo dados divulgados pelo Greenpeace Internacional e pelo GWEC (Conselho Global de Energia Eólica na sigla em inglês), divulgados na última terça-feira (21), De acordo com o documento, em 16 anos a energia eólica (transformação da energia do vento em energia útil) […]