Marina Silva Financial Times

Marina Silva recebe prêmio da Rainforest Alliance em Nova York

Rede Sustentabilidade 12 de maio de 2015

A ex-senadora Marina Silva será uma das homenageadas pelo prêmio “2015 Sustainable Standard-Setter Award”, organizado pela aliança internacional Rainforest Alliance, responsável pela promoção de ações de sustentabilidade na agricultura, no cultivo de árvores e no turismo em nível mundial. A homenagem é concedida todos os anos a personalidades e empresas que incentivam práticas sustentáveis, lutam em favor do meio ambiente e presta apoio às comunidades locais em todas as partes do mundo.

A entrega da premiação acontece nesta quarta-feira, 13 de maio, durante jantar promovido pela entidade no Museu Americano de História Natural, que fica em Nova York (EUA). A cerimônia está prevista para começar às 19h30, no horário local (20h30 no fuso horário de Brasília). A ex-senadora confirmou presença no evento.

Marina receberá o prêmio na categoria “Lifetime Achievement Award” (vida e realização em português) devido a sua trajetória dedicada à militância socioambiental ao longo dos últimos anos. Para a Rainforest Alliance, é uma honra premiar esses líderes que avançam na sustentabilidade em suas iniciativas ou indústrias.

“Uma coisa é declarar metas ambiciosas nessa área, mas outra é implementá-las com sucesso e criar resultados tangíveis. Os vencedores são excelentes exemplos de como conseguir isso”, disse Tensie Whelan, presidente da Rainforest Alliance em nota divulgada à imprensa. A aliança visa também garantir meios de subsistência sustentáveis e conservação da biodiversidade com suas ações pelo mundo.

A premiação concedida pela entidade é a segunda recebida por Marina somente neste ano. Em março, a ex-senadora também foi homenageada pela exposição de fotografia “Inspiring Change, Inspiring Us”, promovida pela Universidade de Harward para relembrar o Dia Internacional da Mulher. Ela fez parte de um total de 48 personalidades femininas consideradas entre as mais influentes do mundo.

Defesa da Floresta Amazônica
A biografia elaborada pela Rainforest Alliance destaca que Marina tem sido uma defensora da Floresta Amazônica e do desenvolvimento sustentável ao longo dos seus quase 30 anos de vida pública. A entidade ressalta essa qualidade como ativista e líder política no Brasil.

A entidade também salienta os cargos em que ela ocupou ao longo dessa trajetória. Entre eles, estão os dois mandatos como senadora e como ministra do Meio Ambiente do Brasil, entre 2003 e 2009. Cita ainda que Marina concorreu à Presidência em 2010 e 2014 e a sua batalha para criar a Rede Sustentabilidade, um partido político dedicado à construção de um futuro sustentável.

Ainda de acordo com essa biografia, seus esforços a levaram a ganhar mais de 50 honrarias nacionais e internacionais. Nessa lista, estão os prêmios Campeões da Terra (2007), que é o título na área ambiental das Nações Unidas; o World Wildlife Fund’s duque de Edimburgo Medalha de Conservação (2009), pela criação do programa Áreas Protegidas da Amazônia Regional; e o príncipe Albert II de Monaco’s Mudanças Climáticas e Energia Award (2009), em razão do seu apoio ao meio ambiente e desenvolvimento sustentável. No ano passado, a revista Financial Times a incluiu na sua lista de “Mulheres de 2014”.