site-ms

Nota da REDE-MS ressalta compromisso ético e moral de Marina Silva

Rede Sustentabilidade 13 de junho de 2016

Em nota, a REDE-MS destacou o compromisso ético e moral por parte da porta-voz nacional do partido, Marina Silva, diante da notícia sobre um suposto caixa 2 na campanha presidencial de 2010. Assinado pelos porta-vozes estaduais Neide Herrero e José Américo Diniz Jr, o texto reiterou apoio à Operação Lava Jato. Confira a íntegra:

“A Rede Sustentabilidade Mato Grosso do Sul vem a público manifestar total e irrestrito apoio à Marina Silva diante da acusação de que sua campanha para Presidência em 2010 pelo Partido Verde (PV) teria recebido doação da empreiteira OAS destinada a “caixa-dois”. A própria Marina Silva declarou a respeito da noticia, que dá total apoio à operação lava a jato e que espera que “as autoridades deem a devida atenção a essa comunicação”, pois, “posso alegar que nunca usei um real sequer em minhas campanhas que não tivesse sido regularmente declarado”, e ainda “não acredito que nenhum dirigente do PV possa ter usado meu nome sem ter me dado conhecimento, ainda mais para fins ilícitos”. Por fim, Marina Silva declara que “posso assegurar à opinião pública brasileira que, neste momento em que a sarjeta da política já esta repleta de denunciados, o melhor caminho é confiar no trabalho do Ministério Público e da Polícia Federal. Por isso reitero meu apoio e confiança no trabalho da Justiça”.

Nesse Sentido, a REDE-MS torna público seu apoio à Marina Silva, ciente de seu compromisso ético e moral assumido com a sociedade brasileira em todas as campanhas que desenvolveu em sua carreira politica até o presente momento. Ao mesmo tempo, a REDE-MS apoia não só a continuidade da Operação Lava a Jato e a força tarefa, composta pela Policia Federal e Ministério Público, nas investigações sobre corrupção na Petrobrás e financiamentos ilícitos de campanha provenientes dessas operações criminosas, como também defende o aprofundamento dessas investigações doa a quem doer, lembrando o que disse Marina Silva em sua declaração, ao citar o Procurador-geral da República Rodrigo Janot: “da esquerda à direita, do anônimo às mais poderosas autoridades, ninguém, ninguém mesmo, estará acima da Lei”.

Neide Herrero
José Américo Diniz Jr
Porta-vozes REDE-MS”