ranodlfe-1

Randolfe faz representação contra Temer na PGR por investigação no caso da Abin

Rede Sustentabilidade 13 de junho de 2017

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolizou ontem uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) pedindo a investigação do presidente Michel Temer por acionar a Abin para investigar o ministro Edson Fachin, relator da Lava-Jato.

Para Randolfe, o uso do aparato estatal de inteligência transborda qualquer falsa aparência de motivação pública. “Essa ‘operação’, por parte da Abin, não possui qualquer razão de Estado aparente como motivadora que não seja o vil interesse de promover vingança pessoal em favor do representado e, ainda, obstar o andamento do inquérito contra si movido. Haveria, na confirmação dos fatos delitivos ora narrados, flagrante manobra de obstrução do trabalho investigativo através do uso do próprio aparelho estatal, que deveria ser utilizado em sentindo diametralmente oposto, para a asseguração do devido processo legal e garantia de exercício de prerrogativas por parte de membros do Ministério Público e Judiciário”, afirma o senador na representação.

Caso decida por acatar a representação, a Procuradoria-Geral da República deve pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) a instauração de um inquérito contra Temer.

Explicações do ministro do GSI

Randolfe apresentou também um pedido de convocação do ministro do GSI, Sergio Etchegoyen, para que ele dê explicações sobre as notícias veiculadas pela imprensa de que Michel Temer teria acionado a Abin para investigar Edson Fachin.

Share on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0