site4-31-1

Temer, o malvado favorito do PSDB

Rafael Poço 13 de junho de 2017

Share on Facebook747Tweet about this on TwitterShare on Google+0

O PSDB decidiu ontem que segue apoiando e participando do governo Temer. A decisão de apoiar um presidente na situação de Temer poderia gerar bons debates sobre a justificativa política: estabilidade política e econômica, aprovação de reformas.

PODERIA, se as acusações contra Temer fossem apenas fruto de divergências políticas.

O presidente foi gravado num ato criminoso. O presidente foi pego cometendo um crime e sendo cúmplice de outro. O presidente foi flagrado consentindo com investidas para obstruir a atuação do Poder Judiciário.

A decisão de ontem do PSDB, apoiada enfaticamente por Serra, Alckmin e, acreditem, João Dória (que pautou sua campanha polarizando com que tinha “corruptos de estimação”), precisa ser lembrada por muitos anos.

O PSDB oficializou ontem não apenas o compromisso com os retrocessos éticos e políticos representados pelo governo Temer; oficializou a adoção de um criminoso de estimação.

Rafael Poço, membro do Elo Nacional

Share on Facebook747Tweet about this on TwitterShare on Google+0