bancada-05

“Bancada em REDE” estreia nesta terça, com participação do líder João Derly, para ampliar participação da militância no Congresso

Rede Sustentabilidade 16 de junho de 2017

A Liderança da REDE na Câmara lança, na próxima terça-feira, o programa “Bancada em REDE”. O objetivo do projeto é aproximar a militância ações da Bancada da REDE na Câmara, possibilitando a participação na discussão de projetos que estão em pauta, além de fornecer maior subsídio para os parlamentares em suas decisões..Para isso a equipe de assessoria da liderança irá utilizar o aplicativo DemocracyOS, onde serão disponibilizados os pareceres da assessoria e todos os documentos relativos aos projetos que serão discutidos através do link https://app.democracyos.org/redenacamara. Nesse endereço, também será possível conhecer todos os projetos que estarão na pauta da Câmara para votação em Plenário a cada semana.

O primeiro encontro virtual acontece na terça, dia 20, às 12h. Para participar, basta acessar o link: https://app.democracyos.org/redenacamara. Nesse endereço, será possível ter acesso aos projetos da pauta, bem como todas as informações sobre eles. Nesta primeira conversa, haverá a participação do líder da Bancada da REDE na Câmara, o deputado João Derly (REDE-RS), além de uma apresentação sobre o caráter da iniciativa. A participação será através do aplicativo Hangout (o link será divulgado na página do Facebook Rede na Câmara pouco antes do evento)

O primeiro projeto a ser discutido é o PL nº 7.425-A, de 2017, encaminhado ao Congresso pelo Poder Executivo. O projeto transforma a EMBRATUR, uma autarquia federal da administração indireta, em pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, na forma de serviço social autônomo. O ponto mais polêmico do projeto é a alteração do Código Brasileiro de Aeronáutica para permitir o investimento estrangeiro nas empresas aéreas até 100% do capital votante. O outro projeto a ser debatido pela assessoria da Liderança da REDE na Câmara será a PEC 70, de 2011, do senador José Sarney, que altera os procedimentos de apreciação das Medidas Provisórias pelo Congresso Nacional.