untitled-2

“Câmara dá as costas para 90% dos brasileiros”, diz Randolfe sobre arquivamento da denúncia contra Temer

Rede Sustentabilidade 2 de agosto de 2017

O senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP) classificou o resultado da votação da admissibilidade da denúncia contra o presidente Michel Temer como o mais vergonhoso episódio da política brasileira. Segundo Randolfe, ao votar contra a denúncia, os deputados “deram as costas ao sentimento de 90% de todos brasileiros”.

“Vergonhosamente, as senhoras e senhores deputados resolveram fazer de conta que não existiu mala de dinheiro. Alguns chegaram ao absurdo de declarar que o presidente merece ser investigado, mas só depois que terminar o seu mandato. Ou seja: tiveram a cara de pau de dizer que um corrupto pode continuar no mais alto cargo da nação”, declarou o senador.

Para Randolfe, “nunca se viu uma denúncia de corrupção tão forte quanto esta (apresentada pela PGR), nunca se viu uma denúncia de corrupção com imagens de mala de dinheiro como esta”, comentou, ressaltado o fato de se tratar de uma denúncia feita pela Procuradoria Geral da República, acompanhada pela Polícia Federal. “Quem rouba uma galinha para sobreviver pode ser processado, investigado e condenado. Agora, o Presidente da República não pode ser processado se os deputados impedirem”, disse Randolfe, que também fez uma referência ao episódio em que o deputado Wladimir Costa (SD-PA), que fez uma tatuagem em homenagem a Temer.

“Os deputados que foram tatuados com a marca da corrupção e também acabou levando a sua tatuagem os outros deputados, que são cúmplices do senhor Presidente da República. Os deputados foram tatuados com emendas parlamentares deliberações”, afirmou.

Veja a íntegra do vídeo de Randolfe aqui