untitled-1-2

Marina critica o fundo público bilionário para financiar campanhas eleitorais

Rede Sustentabilidade 8 de agosto de 2017

Após a volta do recesso e a votação que negou ao STF o direito de julgar as denúncias contra o presidente Michel Temer, a Câmara dos Deputados agora começa a retomar suas pautas. Entre elas, já começa a ser discutida a Reforma Política – que, embora seja considerada necessária por especialistas, para a porta-voz nacional da REDE, Marina Silva, pode acabar tendo seu propósito desviado pelos deputados, institucionalizado abusos cometidos com o uso do dinheiro da corrupção.

“Querem criar um fundo bilionário voltado para os partidos políticos com dinheiro do orçamento público. O cálculo para instituir o fundo se baseia nas quantias volumosas de propina e caixa 2 utilizadas nas eleições passadas. O atraso na política está colocando novamente o ônus nas costas da sociedade. Não há limites para tamanho cinismo. Mais cedo ou mais tarde, a sociedade responderá”, disse.

Veja a íntegra do vídeo de Marina: