site3-99

REDE-MT repudia atos de ex-governador investigado por recebimento de propina

Rede Sustentabilidade 2 de setembro de 2017

A REDE-MT manifesta o seu repúdio aos atos revelados nos flagrantes de recebimento de propina por políticos delatados pelo ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, envolvendo autoridades políticas do nosso estado. A repercussão na mídia nacional e internacional atestou que isso que Mato Grosso enfrenta também é reflexo de um Brasil que advém de uma corrupção sistêmica, culturalmente permissiva e com difícil contenção pontual. Empresários, servidores públicos, representantes de partidos políticos, o cidadão comum, todos estão passíveis de serem tragados e revelados por essas cenas terríveis de dilapidação do patrimônio público que muito nos envergonha e que somente juntos teremos chances ao combater.

A REDE-MT reafirma a sua crença na força das instituições democráticas e o compromisso para que a justiça seja consagrada. Assim, o momento que vivemos é importante para que a política possa ser passada a limpo e para que as pessoas possam refletir um melhor modelo de sistema. Para que isso aconteça, são necessários o empenho e a união dessas forças para dessa forma garantir que os recentes flagrantes da corrupção possam ser penitenciados. A construção política que acreditamos é coletiva, com envolvimento da sociedade, das pessoas de bem que estão em todas as esferas. Não acreditamos em salvadores da pátria. Nem em soluções fáceis. Acreditamos na ampla conscientização de trabalhadores e trabalhadoras que constroem essa sociedade com muito esforço legítimo e que precisam receber do estado mais respeito e dignidade com o uso desse dinheiro taxado a cada pão do dia a dia.

Pedimos que toda a população mato-grossense possa defender que haja punição daqueles que se utilizaram da máquina pública para proveito próprio, seja quem for, de que partido for, qual cargo ocupe ou status social. Entendemos que ao agrupar pessoas honestas no campo da luta contra os desafios atuais é o que assegurará a sustentabilidade ética na política. As soluções precisam nascer no mundo interno de cada um de nós e se expandirem entre as pessoas de bem, comprometidas com as causas sociais.
Assim a REDE, por meio da Operação Lava-Voto, espera que haja uma ação coletiva, com a adesão dessa parte da sociedade com brio, a fim de garantir que aqueles com histórico de corrupção não sejam mais eleitos. A justiça faz sua parte no processo, a sociedade nas urnas.

Os desafios para um Mato Grosso melhor são grandes, mas nossos sonhos são ainda maiores.
FAÇA VOCÊ MESMO SUA OPERAÇÃO LAVA VOTOS.
REDE SUSTENTABILIDADE MATO GROSSO